As Runas: Ehwo

quarta-feira, maio 9

O Cavalo 

Pronúncia: éuô

Nomes Alternativos: ehwaz, eh, eoh, aihws, ehwis  

Significados Tradicionais: cavalo, o curso do sol, movimento

Palavras-chave: equilíbrio e controle, habilidade comunicativa, ajustamento.

Usos Práticos: obter harmonia e equilíbrio, fortalecer os laços de amizade.

Usos Mágicos: chamar a ajuda divina e para encontrar auxílio de fontes não usuais ou não buscadas. É uma runa de boa sorte.

Desafio: tempo de mudar e progredir 

Correspondências:
Fonema: E
Regência Planetária: Mercúrio (Ativa)
Flor: Forsítia
Pedra: Espato Islandês/ Reversa: Malaquita
Número: 4
Classe Social: Guerreira
Cor: Branco
Mitos e Deidades:  Sleipnir
Tarô: Carro
Período do Dia: das 14 às 15 hs

Significados Gerais e Simbólicos: 

Essa runa simboliza o pedido por ajuda divina em tempos de aflição e uma convocação dos laços de amizade. Como em todos as comunidades rurais, as pessoas podem ter sido individualistas, mas isso tudo era colocado de lado em tempos de crise. 

O principal significado de EHWO é “mudança para melhor”. Com freqüência, indica uma alteração planejada, já antecipada há algum tempo. Na verdade, é provável que o principal propósito ao se solicitar a leitura é obter informações referentes à modificação pretendida. 

Essa mudança pode diferir de leitura para leitura, mas como EHWO significa “cavalo”, a mudança geralmente envolve viagem de alguma forma. Pode implicar em uma mudança de casa ou de trabalho, usualmente conjugada com uma mudança de lugar — bairro, cidade, ou mesmo país. 

Pode expressar ainda uma jornada, principalmente por terra, novamente relacionado ao sentido de EHWO — “um cavalo”. A presença de outras runas viajoras, tais como RAIDO e AS, indica onde essa interpretação é preferível, assim como aludindo à razão para tal viagem. RAIDO sugere um feriado; AS reversa, uma visita a um parente doente; BERKANA, uma ocasião familiar — provavelmente um batizado ou um casamento. 

Existe um senso de desenvolvimento gradual e firme progresso a respeito desta runa, com a noção adicional de crescimento lento, através de numerosos desvios e mudanças, mas absolutamente seguro e proveitoso. Isto pode aplicar-se ao crescimento de um negócio ou desenvolvimento de uma idéia. Um relacionamento talvez deva submeter-se a mudanças, para que sejam mantidos seu crescimento e sua vida. 

O surgimento de EHWO em um lugar proeminente em um lançamento rúnico, freqüentemente, intima que se está enfrentando o problema com o ânimo certo e aconselha a continuar da mesma maneira. Em regra, indica que se está se aproximando rapidamente de seu objetivo — que se está conseguindo o que se almeja. 

Às vezes, em associação com uma runa significando conselho ou ajuda externa (como AS, JERA ou MANN), pode manifestar que, para se ter sucesso, haverá auxílio de outra pessoa, cujo decisão e bom senso são de confiança. 

Significado Reverso: 

A implicação de EHWO reversa depende inteiramente do tipo de runa com as quais se encontra associada. É a única runa que não inverte automaticamente seu significado quando reversa, e deve ser agrupada às runas amplificadoras, tendo a mesma significação de quando ereta. 

Algumas vezes, assinala uma longa viagem pelo mar (ou, atualmente, pelo ar), especialmente quando EHWO está conjugada à LAGU, embora se RAIDO estiver presente, pode simbolizar uma longa viagem de férias, mais do que uma emigração. 

Em algumas circunstâncias, tais como quando EHWO reversa está emparelhada com uma runa de mudanças súbitas — como UR — pode representar uma modificação não planejada ou imprevista. Contudo, essa mudança não é, necessariamente, infeliz ou inútil, a menos que haja também runas restritivas no lançamento rúnico. 

Todavia, quando EHWO surge reversa em um lançamento rúnico totalmente desfavorável, pode então implicar numa alteração para pior. Em tais circunstâncias, deve-se aconselhar a não se implementar nenhuma mudança que esteja considerando, pois essa tende a resultar apenas em infortúnio e perda. A runa aconselha a saber esperar, mesmo que isso signifique deixar passar uma oportunidade. Mais tarde se terá a chance de aproveitá-la e se reconhecerá que a vida só coloca coisas ao alcance de nossas mãos quando estamos preparados para tocá-las.

4 comentários:

Fernanda Cristina Franco disse...

Olá Fabrício. Obrigada por compartilhar conosco seu conhecimento. Seu blog é um dos melhores sobre o assunto. Como estou me aprofundando no estudo das runas, queria saber se você poderia me indicar algum livro sobre o assunto, que na sua opinião valha a pena. Muito obrigada. Abraços.

Fabrício César Franco disse...

Fernanda,

Obrigado pela visita e comentário. O que sei sobre o assunto está aqui. Infelizmente, o que conheço de bibliografia sobre Runas é muito datado e fora de catálogo. As publicações mais modernas inventam tanto que perdem o foco histórico, mitológico e semiótico.

Abraço!

Fernanda Cristina Franco disse...

Puxa, que pena. Vc sabe muito sobre o assunto e é um dos poucos blogs que contextualiza os resultados considerando relações entre as runas. Vc dá algum tipo de aula, ou curso on-line sobre runas?

Fabrício César Franco disse...

Fernanda,

Obrigado, mais uma vez, por visitar o Parlenda e comentar. Infelizmente, não tenho nenhum curso formal ou informal sobre as runas, a não ser as informações que disponibilizo aqui. Parei com as runas há algum tempo: a vida urge por outras sendas.

Abraço!