As Runas: Jera

quarta-feira, março 21

A Colheita

Pronúncia: djêra

Nomes Alternativos: ger, yar, jara, jar, jer, gaar, ar

Significados Tradicionais: colheita, estação fértil, um ano

Palavras-chave: desenvolvimento gradual, tempo sequencial, cultivo

Usos Práticos: útil para amealhar os benefícios de ações passadas

Usos Mágicos: boa para jardinagem e fazer plantas crescerem, para lavoura, para uma casa feliz e para se divertir. Na noite de ano novo (seja quando você celebrá-lo), desenhe JERA no arco sobre a porta de entrada em tinta delével. A casa ficará protegida e com sorte enquanto a tinta permanecer.

Desafio: a colheita chegará, seja paciente. Não se pode colher antes de tudo pronto. Faça o melhor do que você tem agora.

Correspondências:
Fonema: J
Regência Planetária: Mercúrio (Neutro)
Pedra: Cornalina
Flor: Centáurea
Número: 4
Classe Social: Operária
Cor: Marrom
Mitos e Deidades:
Tarô: Julgamento
Período do Dia: das 12 às 13 hs

Significados Gerais e Simbólicos:

Odin era o deus dos mortos, o soberano do Valhalla, onde os mais nobres e mais fortes iam depois da morte. Valhalla quer dizer “A Sala dos Escolhidos”, e como o conceito cristão do Céu, a idéia por detrás disso é recompensa e retribuição.
            
A runa JERA se refere ao aspecto do poder de Odin relacionado a recompensa e retribuição, e portanto, ligada a premiar com a recompensa pelos atos cometidos anteriormente. Visto que Odin escolhia apenas os mais nobres dos guerreiros para ir para o Valhalla, JERA é uma runa associada à justiça e, por analogia, todos os assuntos legais vem sob seus auspícios.
            
A palavra “JERA” não quer dizer exatamente “ano” como é frequentemente traduzida, mas “período do ano”, especificamente referindo-se à época da colheita. Seu surgimento em um lançamento rúnico expressa que se colherá os frutos dos esforços expendidos, um reembolso em dinheiro ou em espécie, de um gasto prévio.
            
A runa é a representação de ação correta levando a resultados corretos, como parte da ordem natural das coisas. JERA é uma runa de sucesso a longo prazo, através da harmonia com a natureza. Como runa de desfechos benéficos, essa runa se aplica a qualquer atividade ou empreendimento aos quais se esteja ligado.
            
Contudo, é bom se conscientizar de que não se deve esperar resultados imediatos. Qualquer atividade que se esteja desenvolvendo exige dedicação. Essa runa promete recompensa justa para quem é perseverante e trabalha para concretizar seus planos.
            
É muito difícil julgar JERA — como todas as runas sem reverso. Algumas vezes, denota que se está preocupado com algum assunto legal. Todavia, o aparecimento de JERA não mostra necessariamente que o julgamento tenderá a nosso favor, assim como o surgimento de GEBO em certos lançamentos rúnicos indica apenas que se está preocupado com a vida amorosa, sem ser um indicativo de como os assuntos progredirão.
            
Como resultado, JERA tem em geral uma conotação positiva, a menos que as runas associadas sejam extremamente infelizes. Nessa posição, revela um encontro bem-sucedido, um retorno justo por ume esforço realizado e o recebimento de uma gratificação muito merecida. Em um lançamento rúnico restritivo, JERA sugere que o fracasso imputado pelas runas acompanhantes pode ser prevenido, no todo ou em parte, mediante um maior empenho.
            
Emparelhada com HAGALL, NYD ou WYRD, JERA indica que se está tentando seguir uma trilha na vida que não nos cabe, e que se está desafiando o destino fazendo isso. É obviamente uma runa de duplo gume, significando “colhe-se o que se planta”.
            
Porque personifica o conceito de justiça, JERA aparece em um lançamento rúnico para prognosticar assuntos legais ou judiciais — mesmo quando o problema nunca chegue realmente à Corte de Justiça. Pode, por conseguinte, ter referência a todos os contratos legais, ou documentos como aluguéis ou contratos de trabalho. Pode também indicar contratos de vontades e, por extensão, os aspectos legais referentes a elas. Certas vezes, representa a qualidade abstrata do conselho legal (especialmente quando emparelhada com ASS ou MANN) e representando, então, o advogado ou procurador a quem se busca. Porém, pode denotar qualquer um chamado a dar um julgamento profissional, como um médico ou um gerente de banco.
            
Já que o casamento é também um contrato, é possível que JERA signifique casamento. Do mesmo modo, entretanto, e quando conjugada com runas adversas, pode enunciar a dissolução de um contrato de casamento com todas as complicações envolvidas.

            

Já que JERA simboliza um período específico do ano, ela implica em que os eventos designados pelas runas associadas devem virão à fruição no seu devido tempo, não podendo ser apressados. Por essa razão, aponta um hiato de tempo em que as complicações legais estão sendo classificadas ou um período anterior a assinaturas ou alterações de contratos. Isso acontece em particular quando NYD também detém um lugar proeminente no lançamento rúnico.


5 comentários:

Meg Vieira disse...

Nunca vi um texto tão explicativo para leigos como esse, esclareceu minhas dúvidas e foi facil entender. Obrigada! Meg Vieira

Fabrício César Franco disse...

Fico feliz que tenha gostado, Meg. Esse e os demais textos fazem parte de uma tentativa minha (semi-abortada) de publicar um texto mais facilmente apreendido sobre o que são e como usar as Runas. Faça bom uso.

Abraço!

Marilia C Medeiros disse...

Excelente Texto!
Continue assim sem abortar nada!
Agradeço mais ainda pela soma e aprendizado!

ana marques disse...

Tenho muito interesse pelas runas há muitos anos. Jogo para mim às vezes mas estou cada vez sentindo mais falta de um bom estudo a respeito. Gostaria mesmo de me aprofundar e conhecer pessoas que já estão em um nível elevado de consciencia em relação a elas. Você me indica alguem? Se disponibilizaria a ter uma aprendiz?

Fabrício César Franco disse...

Ana,

Há muito que não mexo com as runas, como fazia antes. Tudo (ou quase, pois sempre há o que aprender) sei está aqui, neste blog. Que você possa fazer melhor uso.

Abraço!